quinta-feira, 13 de março de 2014

7 Brasileiro mostra a tua cara... de pau!!!


Márcia Balz compartilhou a foto de SuperNoite Portal.

E o brasileiro adora postar charge, fazer piada, se dizer escandalizado perante a corrupção no país. E na maioria das vezes faz isso de forma criativa e divertida. 

E xinga político, diz que são todos desonestos, reclama que todo mundo é explorador, está sempre achando que o trabalho do outro está muito caro e que ele sempre ganha muito menos do que devia (na verdade do que ele acha que merece - o que me faz pensar que, no fundo, muita gente não sabe exatamente o que a palavra 'merece' significa ou então que ele realmente não tem noção do tipo de trabalhador que é. Creio que é a segunda opção). 

Enfim... aproveitando essa imagem do Chaves que eu vi hoje a noite no Facebook pra dizer que pela manha fiquei muito envergonhada de grande parte do povo brasileiro. Não dos que usam uma arma e assaltam, não dos que usam um cargo pra desviar verba, não dos que se aproveitam da boa fé alheia pra tirar vantagem (desses a gente tem vergonha sempre), mas especialmente hoje eu tive vergonha do povo, gente como a gente, que faz compra na padaria, que frequenta escola, que deseja tirar a carteira de habilitação... 

Quem viu o programa Mais Você dessa terça-feira pode entender perfeitamente porque muito cidadão, depois de eleito, é corrupto. Ele não vira desonesto só porque foi eleito, porque 'o poder corrompe' como costumam dizer; ele simplesmente vai roubar mais dinheiro porque vai ter acesso a quantias maiores. 

Num teste no programa, 13 pessoas receberam cinco reais de troco a mais. Cinco devolveram, mas a maioria embolsou a quantia que a caixa entregou a mais, mesmo eles tendo conferido o troco, ou seja, acharam que se deram bem! 

Entre a turma que devolveu os cinco reais a matéria cita que tinha empregada doméstica, pedreiro...isso quer dizer que os pobres são mais honestos? Provavelmente não. Até porque é bem provável que entre os que ficaram com a grana houvesse também empregada e pedreiro...

As pessoas não são honestas porque tem muito ou tem pouco; uma pessoa é honesta por questões como caráter, consciência (e em algumas situações, medo de serem pegas, é fato :)

Mas a matéria também mostrou outras pequenas corrupções do cidadão comum no dia a dia: estudantes que colam na prova, a turma que compra habilitação, os que compram produto pirata, os que marcam ponto no trabalho no lugar do amigo e, é fato, a maioria não tem remorso por isso e nem se arrepende (a maioria até se diverte com suas pequenas corrupções), assim como todos tem sempre uma boa (na opinião deles) justificativa pros atos ilegais ou imorais que cometem.  
Assim como qualquer policial ou político corrupto ou assaltante deve ter, afinal, eles são, assim como todos da matéria, brasileiros.. seres humanos.

E o ser humano tem a incrível (e ridícula) capacidade de achar que a má companhia é sempre o filho do outro e que bandido é o que tira algo ou prejudica os outros... menos quando quem está tirando ou prejudicando o outro é ele (ah...ou membro da sua família).

Certo ou errado? Ilegal ou imoral?
... seria fácil distinguir qual é qual se a gente não interpretasse a situação conforme o cidadão envolvido...




*********

7 comentários:

  1. Observações corretíssima e faço a mesma comparação que fiz com a foto "selfie" dos artistas do Oscar. Voce apontou o corrupto que é "gente como a gente." O sentimento de que , todo mundo faz então eu também posso ,"pegou geral". Quem lida diariamente com milhões de $, acha que 500 mil não é nada nem vai fazer falta. Quem lida com 500 mil acha que 10 mil não vai fazer falta, e assim sucessivamente. Não existe pobre ou rico para ser corrupto, existe caráter e dignidade para não ser corrupto. O brasileiro acha que corrupção é qdo se trata de dinheiro vivo. Quem compra uma CNH é tão corrupto qto quem compra um passaporte diplomático, porém a importância ou grandeza do documento, dá ou não a irregularidade do ato o "status"de corrupto . Sem contar o vale transporte que é vendido para terceiros comparado com ao avião emprestado para o amigo do peito. E assim por diante. Mas 'EU' parece que tudo posso. Muito boas as suas colocações. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse tema me faz lembrar uma "máxima" do raciocínio de um corrupto: " Corrupcao é todo aquele bom negócio do qual eu nao tive participacao, pois quando eu estou "dentro", se torna apenas um "bom negócio"...

      Excluir
    2. E não é Raquel? Povo chama de ladrão o cara que rouba 5 milhões mesmo quando, se tiver a oportunidade, rouba 5 reais . Diferença está só no valor que cada um tem acesso, mas é tudo roubo...

      Excluir
  2. Oi Lua,
    já dizia uma frase que no momento desconheço o autor, se vc quer conhecer uma pessoa, dê poder a ela. big beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lulu pra conhecer uma pessoa a gente só precisa dar a ela a oportunidade...é fato.

      Excluir
  3. Silvia foi o caso do Roberto Jefferson que denunciou o mensalão. Ele declarou que já era uma prática antiga, mas que resolveu denunciar porque tinham cortado ele do esquema ...e nem ficou vermelho falando isso, pelo contrário, diz que o povo brasileiro devia tratá-lo como um herói...Ah, vá...!!!

    ResponderExcluir
  4. Vixi, fiquei com medo agora.
    Bejus

    ResponderExcluir

Quando você colabora com seus pitacos o post deixa de ser um monólogo e passa a ser uma conversa. A blogueira se responsabiliza pelas próprias opiniões, as opiniões alheias são de responsabilidade de quem as escreve. Só lembrando que gente inteligente tem argumentos; a turma que só sabe xingar e ofender só quer confusão. Pode não!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...