segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

8 Sim, ser gorda é um peso difícil de se carregar

O post anterior 'Quando você deixa de ser a gorda e vira a monstra'  acabou rendendo um outro post depois que, no twitter, a @RenattaNaka me mandou o seguinte tweeter

Pedi pra Renatta comentar no post, o que ela, gentilmente, fez:

'Eu acho que essas mulheres são gordas, sim, mas não são dismórficas horrorosas nojentas e doentes como a sociedade vê. São mulheres como qualquer outra. Elas também têm todo direito de querer ser lindas e de se acharem lindas. Não é a visão que o outro impõe que torna isso inverdade.
Na MINHA opinião, ser gordo não é ser feio. Feio é uma coisa, gordo é outra.
E também não acho que tem permissão pra ser gordo até 100kg e depois disso é morbidez e deve-se cutucar e olhar feio como se fosse um bicho, um monstro. Gente é gente e pronto. Seja gordo, seja anoréxico.
No mais, se as meninas quiseram se expor assim, HOJE elas estão sendo criticadas, mas ESPERO que no futuro elas sejam as nossas Leilas Dinis'.


Diante de uma reação tão forte dela ao post, claro que eu não podia deixar de desenvolver o assunto, até porque é um tema que diz respeito a muita gente.

RenattaNaka...

Primeiro: como eu já disse, sou obesa, então leia o que escrevo como alguém que não está julgando algo que não conhece, mas que, principalmente, reconhece o sofrimento alheio.

Confesso que me surpreende alguém que já passou por uma cirurgia bariátrica ter lido e não ter entendido o meu post,mas como você disse no twitter que chorou ao ler o post, imagino que o assunto deva ser um fardo ainda pesado para você carregar... E vou tentar explanar mais um pouco a minha opinião.

Eu já escrevi muito post comentando essa idiotice das pessoas padronizarem o corpo, principalmente o feminino, com padrões quase impossíveis de alguém 'normal', salvo raras exceções de quem não tem a tal 'tendencia a engordar' - independente do que comem, vivenciar sem se policiar 24 horas por dia com o que comem ou sem terem que malhar igual uns loucos. 

Mas beber socialmente é uma coisa, ser alcoólatra é outra coisa. Mesma coisa com o excesso de peso. 

Como tantos vícios, o por comida também faz doentes, também faz dependentes. 

Ser gordo, como você disse, não é feio. Tem gente até que acha lindo um corpo mais roliço, uma barriga mais saliente. São doentes? Não, é questão de gosto embora a maioria não entenda. 
Mas as mulheres fotografadas pelo Yossi deixaram de estar na categoria 'gordas', assim como o cara que deixa de ser o que consome bebida alcoólica socialmente e passa a ser o que bebe até perder os sentidos ou perde o controle da própria urina.

Essas mulheres fotografadas estão deformadas e duvido que não seja algo que as faça sofrer, não só por causa do 'é bonito ou é feio, é saudável ou é doente' da sociedade. Algumas pessoas gordas sofrem tanto emocionalmente que, mesmo quando emagrecem, continuam com um peso na alma. Se olham magras, mas não se enxergam como tais...

Engraçado é que o gordo mesmo não se sente gordo por dentro. Muitas vezes quem é obeso leva até um susto quando se vê no espelho. Quase cruel a mente da gente não acompanhar o que de verdade refletimos no espelho. Talvez fosse mais fácil começar uma mudança se os obesos se sentissem como se veem diante do espelho que no fim é como as pessoas os enxergam.

E se isso já faz sofrer, o que dirá as limitações físicas que o excesso de peso causa... 



Imagem via Extra

Ser gordo nesse estremo é ter pernas saudáveis, mas não conseguir se locomover com facilidade por causa do excesso de peso, é poder ganhar uma viagem incrível e não poder usufruir por causa do problema de circulação, da dificuldade de respiração, do cansaço que o simples ato de subir um degrau ou erguer os braços causa. 

É ir no banheiro e ter dificuldade de limpar a própria bunda. 

E, sinceramente Renatta, espero que nunca mulheres assim sejam consideradas Leilas Dinis, porque não são. 

Leila quebrou um tabu mostrando algo que faz parte da natureza feminina, a maternidade. Uma barriga que carrega um bebê não é algo que se deva esconder.

Mas um corpo que deixamos deformar só mostra o como somos fracos, o quanto estamos doentes, o quanto estamos mostrando que precisamos de ajuda. 

Alguns, como você que recorreu a cirurgia bariátrica conseguem se ajudar, lutam pra impedir serem comandados por uma gula que, quase nunca, tem relação direta com a fome. Orgulhe-se disso. Você foi, e está sendo, muito mais forte que muitas de nós que sofremos com essa doença.
 
E, sinceramente, não consigo acreditar que alguém que seja mentalmente saudável, chegue a ter um corpo como as fotografadas pelo Yossi e, diante do espelho do seu quarto, se sinta bonita. O que acontece é que muitas cansam de serem vistas como as coitadas, as ridículas ou as nojentas para o mundo mesmo quando vevem escondidas, reclusas a própria casa.
Mas isso não quer dizer que finalmente elas tenham descoberto que são felizes como estão. Só diz que encontraram outra forma de lidar com o que não conseguem mudar. 

Até quando essa tática vai funcionar, realmente eu não sei...

 


 
***********

8 comentários:

  1. Sim, emagrecer continua na minha lista de ano novo... e é uma meta velha

    ResponderExcluir
  2. Conheço pessoas que eram super complexadas por serem obesas, se submeteram a cirurgia bariátrica e hoje são felizes.
    Feliz 2013. Muita paz, saúde, felicidades e bençãos.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lulu eu também conheço. Mas também vejo alguns casos onde, mesmo o corpo dizendo 'vc tá magra', o assunto obesidade ainda causa muitas dores.

      Feliz Ano Novo pra vc Lulu. 2013 cheio de fartura de sentimentos e emoções...e um cadinho menos na circunferência...

      Pra todos nós :)

      Excluir
  3. Acho que coloco "emagrecer" na minha lista de ano novo a pelo menos uns 15 anos. Mas parece que cada ano vou no sentido oposto . :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. xiiii Du Marques...então esse ano que "emagrecer" na sua lista tá entrando na adolescência, melhor redobrar o cuidado :)

      Na minha lista 'emagrecer' já caducou, ou seja, to ferrada :(

      Feliz Ano Novo Du, obrigada por me fazer uma visita de fim de ano. Agora vou esperar as de ano novo :)

      Excluir
    2. Feliz Ano novo p/ vc tb.
      Eu estava meio perdido entre os seus blogs antigos e demorei um tempão p/ perceber este. rs

      Pode contar q terá muitas visitas minhas aqui.
      bjs

      Excluir
    3. Du Marques...

      Pois é, não mudar mais de blog é um dos itens da minha lista para 2013 :)

      Excluir
  4. E qual é o item na lista pra 2015, Vossa Luallescência!?

    ResponderExcluir

Quando você colabora com seus pitacos o post deixa de ser um monólogo e passa a ser uma conversa. A blogueira se responsabiliza pelas próprias opiniões, as opiniões alheias são de responsabilidade de quem as escreve. Só lembrando que gente inteligente tem argumentos; a turma que só sabe xingar e ofender só quer confusão. Pode não!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...